Reprodução Assistida

A ajuda para a formação de sua família

Confira, abaixo, as informações necessárias para um melhor entendimento sobre o tema.

Sobre a Reprodução Assistida​

É a ajuda que a ciência e a medicina pode dar, aos casais que não conseguem engravidar de forma natural.

Em quais casos a indicamos​

A Reprodução Assistida é recomendada a casais que, depois de um período de 12 meses tendo relações frequentes, não conseguem engravidar e exames mostram que há a impossibilidade de uma gravidez de forma natural.

Métodos mais utilizados
Ovulos

Indução da Ovulação

A indução de ovulação é um processo feito individualmente para cada paciente e os protocolos, doses e medicamentos a serem utilizados são elaborados dependendo do perfil de cada mulher. Em alguns casos os protocolos visam a produção de 2 a 3 óvulos num mesmo ciclo, aumentando as chances de fecundação, num processo chamado de coito programado.

Inseminação Artificial (IA)

Inseminação artificial, por definição, é a introdução do gameta masculino, espermatozoide, no trato genital feminino. Existem vários tipos de inseminação artificial, sendo a mais utilizada a inseminação intrauterina. A diferença entre os vários tipos é basicamente o local do trato genital onde a amostra de espermatozoides é depositada na mulher.

Fertilização "in vitro" (FIV)

A Fertilização "in vitro" (FIV) consiste, basicamente, na retirada de óvulos do ovário da paciente, fertilização destes com o sêmen do marido no laboratório e na posterior transferência dos embriões resultantes para o útero.

Onde fazer o Tratamento

No Brasil, temos diversas clínicas de Fertilização e Reprodução Assistida. Solicite a seu médico, uma indicação. Aspectos como capacitação profissional do médico responsável, estrutura de equipamentos da clínica, acolhimento e humanização no atendimento, devem ser observados durante essa escolha.

Close Menu
×